Clique aqui para acessar blogs em inglês

Bot Lifecycle Management – Bring Calm to Your Bot Development Chaos

Escrito por Kashif Mahbub em Mudando o mundo com automação em September 26, 2018

A abordagem DevOps de engenharia de software revolucionou a velocidade de lançamentos ao unificar o desenvolvimento e as operações. Atualmente, é muito provável que os princípios DevOps orientem os processos de desenvolvimento de suas equipes ao oferecer uma estrutura que reforça a implantação e a integração contínua. Ao desenvolver softwares com a abordagem DevOps, você segue um ciclo de vida de desenvolvimento, teste, aceitação e produção (DTAP). As organizações com grandes equipes de desenvolvimento, principalmente distribuídas, realizaram aprimoramentos significativos em seus processos de ciclo de vida do desenvolvimento de software (SDLC) ao aplicar uma abordagem DevOps. Por isso, faz sentido aplicar a mesma abordagem DevOps ao desenvolvimento de bots de Automação Robótica de Processos (RPA) em escala empresarial.

Hoje em dia, a maioria das soluções de RPA oferecem recursos que permitem que você mova os bots de um estágio para o outro no ciclo de vida do desenvolvimento. Isso significa que elas são compatíveis com a abordagem DevOps para o gerenciamento do ciclo de vida dos bots (BLM)? Não. A ideia de que simplesmente mover os bots ao longo do ciclo de vida DevOps constitui um BLM é um mito. Mas, como muitos mitos, parece plausível se você não examinar com cuidado.

DevOps e BLM não são a mesma coisa

Cada estágio no ciclo de vida DevOps ocorre em um ambiente separado. Você desenvolve em um ambiente e testa em outro. A produção também é separada. Portanto, para gerenciar o ciclo de vida de um bot, você precisa ser capaz de manter ambientes separados de bots com base no estágio no ciclo de vida. E você precisa ser capaz de mover pacotes inteiros de bots entre os estágios.

Vamos supor que você crie um bot A, e, para que ele seja executado com eficiência, o bot A depende dos processo individuais A.1, A.2 e A.3. O bot e suas dependências precisam ser gerenciados e movidos ao longo do ciclo de vida do bot como um pacote. "Mas é claro", você diria. Porém, a maioria das soluções de RPA não estão prontas para fazer isso. Elas só importam e exportam o bot entre os ambientes que você fornece. Você gerencia as dependências dos bots separadamente. "Sério? Parece entediante", você pode achar. Sério. E, sim, como qualquer gerente de programa de RPA lhe informará, é realmente entediante.

Automation Anywhere Enterprise

DevOps em um ambiente de desenvolvimento de bots

Sem uma estrutura real de BLM, você deve estabelecer e gerenciar seus ambientes de desenvolvimento e teste. Você também deve gerenciar e avançar as dependências individualmente. Isso pode funcionar quando você está fazendo uma prova de conceito para a RPA, sem escalar. Quanto mais bots você tiver que gerenciar usando processos desconectados, mais tempo será necessário para colocar os bots na produção. Além disso, se as dependências se perderem, você poderá encontrar mais erros que atrasarão a implantação e a integração contínua.

A conformidade pode ser um problema também. Para bots que envolverem processos com requisitos de conformidade, como processos financeiros protegidos pela Lei Sarbanes-Oxley (SOX), a falta de uma estrutura real de BLM forçará você a desenvolver e gerenciar seus próprios controles sobre os bots.

Escale com o BLM

A estrutura de BLM, que está incluída no Automation Anywhere Enterprise, faz muito mais do que simplesmente importar e exportar bots: ela está sempre pronta para integrar com o fluxo de trabalho DevOps. O suporte para ambientes separados de desenvolvimento, teste, aceitação e produção, incluindo um controle completo de versões e recursos de reversão, vem integrado.

Um controle de acesso baseado em função (RBAC) altamente granular é outro item empresarial obrigatório que dá suporte à segurança na plataforma Enterprise de RPA. Com RBAC granular, os bots fazem a transição perfeita entre os estágios do ciclo de vida DevOps. Mas e as dependências? As dependências fazem a transição com os bots. É por isso que o Automation Anywhere Enterprise gerencia o pacote inteiro de bots como parte do ciclo de vida dos bots. Esse controle de versões, funções e pacotes de bots permite que você desenvolva mais bots com mais rapidez, mesmo quando você tiver requisitos de conformidade rigorosos. Isso permite que você escale a RPA rapidamente em sua empresa e obtenha um ROI mais alto ainda mais rapidamente, uma marca de uma estratégia de RPA de nível empresarial bem desenvolvida.

Solicite uma demonstração da plataforma Automation Anywhere Enterprise hoje mesmo para obter uma experiência em primeira mão do gerenciamento do ciclo de vida dos bots.

Experimente
Close

Para os negócios

Veja o Enterprise A2019, a plataforma de automação inteligente líder mundial para um teste gratuito de 30 dias com suporte completo

Para estudantes e desenvolvedores

Comece sua jornada RPA instantaneamente com acesso GRATUITO ao Community Edition