Clique aqui para acessar blogs em inglês

Criar uma experiência simplificada para automação

Escrito por Uday Gajendar em Notícias da Automation Anywhere em October 10, 2019
developer

A história por trás da incrível nova experiência do usuário (UX) do Enterprise A2019

 

O desafio: fazer automação robótica de processos para todos.

Em um recente podcast sobre O futuro do trabalho, J.P. Gownder e James McQuivey, analistas da Forrester, discutem o conceito de Quociente de Robótica (RQ). O RQ é a medição de como uma organização está preparada para se adaptar, colaborar e gerar resultados de negócios de automação, inteligência artificial, robótica e tecnologias de automação relacionadas.

A pesquisa de RQ mostrou as pontuações abaixo do esperado. Isso foi atribuído a dois fatores principais: falta de entendimento sobre como a automação deve funcionar e falta de liderança no gerenciamento de mudanças de automação.

Em resumo, as pessoas ainda acham que a automação é muito complexa.

Na Automation Anywhere, nós entendemos isso.

Entendemos que, para realmente mudar (e melhorar radicalmente) a maneira como o mundo do trabalho funciona, precisávamos de um gigantesco passo à frente. Para fazer isso, começamos com uma folha de papel e redesenhamos completamente nossos produtos de automação. Nosso objetivo era criar uma experiência de consumo para todos os usuários em todos os níveis, ou seja, democratizar o local de trabalho. Temos o prazer de dizer que atingimos essa meta e mais, usando uma abordagem de design centrado no ser humano (HCD) no desenvolvimento do produto Enterprise A2019.

A solução: uma abordagem de design centrado no ser humano

Para o nosso produto Enterprise A2019, implementamos uma nova metodologia de desenvolvimento chamada filosofia de design centrado no ser humano (HCD). Essa abordagem exige uma análise rigorosa de vários aspectos de como os clientes usam, ou gostariam de usar, os produtos da Automation Anywhere. O HCD é um processo iterativo de várias etapas que garante que as necessidades reais do usuário sejam consideradas como parte do design do produto:

- Aprender e entender: projetos informados com observações diretas e entrevistas em vídeo de pessoas reais em meio a seus ambientes de trabalho diários

- Coletar informações: esclarecer problemas e oportunidades com base nessa pesquisa para maximizar os objetivos descobertos do cliente

- Criar protótipos: crie iterativamente soluções potenciais que são avaliadas com o feedback de pessoas reais, de esboços a modelos explícitos

HCD Ao projetar o Enterprise A2019, a equipe de UX mobilizou mais de 200 usuários para iterar e melhorar os projetos. Os usuários nos disseram como melhorar, e a equipe de UX validou os resultados em relação a um tamanho de amostra menor.

Personas: um fator chave no processo de design

A metodologia de design centrada no ser humano se concentra nas personas, por exemplo, usuários de negócios, desenvolvedores e gerentes de TI e suas necessidades exclusivas. O objetivo era criar uma plataforma que beneficiasse todos os usuários. Vamos analisar as personas baseadas em RPA e seus requisitos.

Workstation O Enterprise A2019 permite que três personas-chave criem bots poderosos e seguros que aumentam a produtividade e reduzem os custos.

Requisitos de persona em sistemas de automação:

Usuário de negócios Desenvolvedor de RPA Gerente de TI/RPA

Automatize tarefas com apenas alguns cliques usando uma RPA altamente intuitiva, baseada em navegador, disponível instantaneamente em qualquer dispositivo e que forneça uma interface visual para o desenvolvimento de bots.

Um poderoso ambiente de desenvolvimento, em perfeita colaboração com os usuários de negócios, com a ajuda de uma arquitetura plugável e extensível, permite instantaneamente a lógica e os fluxos de trabalho de negócios para a automação completa dos processos de negócios.

Implante a RPA para usuários com apenas alguns cliques, gerenciando facilmente os usuários em toda a empresa, contando com a escalabilidade infinita da nuvem, reduzindo os custos de propriedade e diminuindo radicalmente o tempo de valorização.

Nova interface do usuário do A2019: um exemplo de design centrado no ser humano

A interface do usuário do Enterprise A2019 funciona como as pessoas, visual e intuitivamente, e com programação mínima, a menos que o usuário deseje fazê-lo. Isso é especialmente valioso para o usuário de negócios, que pode não ter os mesmos conhecimentos técnicos de um desenvolvedor de RPA ou gerente de TI.

O Workbench do A2019 é um excelente exemplo dessa filosofia de design. Vamos fazer um tour rápido.

Productivity O workbench do Enterprise A2019 inclui comandos intuitivos e poderosos que são simples de aprender e usar.

O design centrado no ser humano humaniza o trabalho

A filosofia de design centrado no ser humano se encaixa perfeitamente na filosofia Humanizar o trabalho da Automation Anywhere. Enquanto o HCD resultou em um novo design significativo para o Enterprise A2019, é apenas o começo. A equipe de UX está sendo mais desenvolvida junto com investimentos de peso em tecnologia e treinamento. O resultado é que haverá mais melhorias em todas áreas do portfólio de Força de trabalho digital da Automation Anywhere (veja abaixo).

O Enterprise A2019 representa um produto fundamentalmente novo, bem como um novo paradigma de design. Nossa nova equipe de experiência do usuário envolve centenas de clientes de diferentes geografias, culturas e níveis de sofisticação técnica; isso nos dá testes e feedback do mundo real. Com base nisso, fizemos grandes aprimoramentos, como mover o aplicativo de baseado em desktop para baseado na Web para criar uma interface de usuário conhecida e perfeita. Adicionamos várias visualizações para que os usuários de negócios
e os desenvolvedores de RPA possam colaborar melhor. Incorporamos o aprendizado no produto, que auxilia o novo usuário e o usuário avançado.

Esses investimentos democratizaram o local de trabalho e agora permitem que virtualmente qualquer pessoa se torne um experiente criador de bots em minutos. Os funcionários serão mais produtivos e mais felizes. O custo total de propriedade continuará a diminuir, mas manterá os mais altos níveis de segurança.

O design centrado no ser humano + automação é uma vantagem para todos em sua organização.

Aumente seu RQ. Então, aumente seus parâmetros. Sua empresa verá os ganhos de produtividade subir!

Para experimentar a criação de bots com mais facilidade (e gratuita!), confira o Enterprise A2019 Community Edition aqui (de Saba quando for final).

O que é o portfólio de Força de trabalho digital?

Botstore O Enterprise A2019 está na base do portfólio de força de trabalho digital e permite que usuários e organizações criem automação em níveis crescentes de sofisticação e eficácia.

Sobre o autor:

dar cria experiências interessantes para o usuário há mais de quinze anos, tendo fornecendo UXs para líderes do setor, como Adobe, Netflix, Citrix, Facebook e PayPal. Uday se graduou na Universidade de Michigan e depois na Universidade Carnegie Mellon, onde obteve seu mestrado em design de interação.